WOMAN HUMAN – BYOU by Patricia Gouveia

WOMAN HUMAN

A Mulher enquanto Ser Humano, a mulher enquanto Mulher, enquanto Mãe, enquanto Filha, enquanto Amiga, enquanto Trabalhadora, enquanto Gestora da casa, enquanto Gestora da sua própria vida e da vida de mais alguns.

Ser mulher é ser forte, ser mulher é ter poder, ser mulher é ter várias vidas, ser mulher é ser sensível, ser mulher é ser dura, ser mulher é dizer sim, dizer não, ser mulher é ouvir, calar, ser mulher é gritar. Ser mulher é ter controle e é perde-lo, várias vezes no mesmo dia ou hora, ser mulher é rir, sorrir, chorar. Ser mulher é ouvir e aconselhar, é errar, ser mulher é ter certezas e duvidar delas, ser mulher é ser julgada, amada, criticada e odiada, ser mulher é compreender e é lutar pelo seu lugar, ser mulher é cuidar, é amar, ser mulher é ter o mundo dentro de si e o poder de ser o que se quiser. Ser mulher é Ser Humano.

Quando pensei nesta coleção, a primeira coisa que questionei foi: "quem sou eu enquanto mulher, quem sou eu enquanto ser humano?" e não consegui dar uma só resposta a mim mesma, eu pensei em tantas coisas, eram infinitas, eu podia ser tudo, eu era tudo e cheguei a pensar que se calhar não era nada. Eu gosto de questões, mas dificilmente tenho uma só resposta e isso, agora, nesta fase da minha vida, é tranquilo, deixou de ser um conflito e passou a ser aquilo que eu sou, ou seja, eu posso ser o que eu quiser sem nenhum julgamento ou estereótipo. Nós, Mulheres, somos capazes de transformar, de nos transformar, dividimos-nos em mil pedaços. Eu tentei então pensar noutras Mulheres e sim, foi mais fácil entender que não estou sozinha, foi como um acordar para esta realidade do "temos de nos unir", porque esse é o caminho para o entendimento humano.

A coleção é composta por 12 peças, cada uma pensada nas várias mulheres que somos nas várias horas de um mesmo dia. Nas várias mulheres que somos, que sonhamos ser, que ambicionamos ser, que queremos ser, que arriscamos ser, que nunca seremos, que somos e não sabemos, nas mudanças que acontecem em nós num dia, numa semana, num mês, num ano, numa vida. Criei esta coleção para abrir todas essas possibilidades, de nos escondermos atrás de um nude, de nos aconchegarmos numa lã novelada cor do céu, num momento de recato, para deslumbramos numa cor de fogo, para brilharmos num céu estrelado, para arrasarmos num branco ou preto total, para simplesmente estarmos, estarmos bem, confiantes, confortáveis, estarmos nós. Que a roupa seja uma continuação de nós mesmas. Que cada peça tenha o efeito poderoso, de quase magia.

Nudes

Pretos e Brancos

Fogo e brilhos

Materiais sedosos e macios, seda, algodão e simbioses perfeitas de fibras sintéticas e naturais, onde o objectivo é dar vida à matéria, criar peças simples com tecidos nobres, olhar e sentir cada tecido como a nossa perfeita segunda pele.